Avançar para o conteúdo
Início » geral

geral

Twitter feed is not available at the moment.

Somos uma candidatura que partiu de um imperativo ético e de um repto de cidadania. Estamos mobilizados por um novo modelo de desenvolvimento fundado na transparência, na valorização ambiental, na redução das desigualdades sociais, na defesa do património e no interesse público, em que prosperidade seja sinónimo de qualidade de vida e respeito pelo bem-comum.

quem somos ícone

quem somos

O Grupo Político Evoluir Oeiras nasceu após as eleições autárquicas de 2021, com a eleição de nove candidatos/as da lista da Coligação Evoluir Oeiras (BE-L-V).

Decidimos continuar juntos, a trabalhar para fazer Evoluir Oeiras!

ícone o que defendemos

o que defendemos

Defendemos um novo modelo de desenvolvimento para o concelho assente na valorização do ambiente, na justiça social, na cidadania e na transparência.

ícone o que propomos fazer

o que propomos

Tornar Oeiras um exemplo de boas práticas de gestão dos dinheiros públicos, promoção da qualidade de vida e do ambiente, e de justiça social.

EvO-noturnaPacoDArcos-Oeiras-small

Actividade da vereadora Carla Castelo

No nosso canal YouTube pode ver e ouvir os resumos da Vereadora Carla Castelo da Coligação Evoluir Oeiras sobre a sua actividade na Câmara Municipal de Oeiras

Siga a página de Facebook da vereadora Carla Castelo ou veja as publicações mais recentes sobre a sua actividade na Câmara Municipal de Oeiras.

[efb_likebox fanpage_url=”https://www.facebook.com/carlacastelo2021″ box_width=”275″ box_height=”75″ locale=”pt_PT” responsive=”0″ show_faces=”0″ show_stream=”0″ hide_cover=”0″ small_header=”0″ hide_cta=”0″]

[efb_feed locale=”pt_PT” fanpage_id=”carlacastelo2021″ type=”page” words_limit=”150″ post_limit=”6″ skin_id=”2564″ cache_unit=”1″ cache_duration=”days” live_stream_only=”0″ load_more=”1″ links_new_tab=”1″ show_like_box=”1″]

Actividade na Assembleia Municipal de Oeiras

No nosso canal youtube pode ver e ouvir as múltiplas intervenções dos deputados da Coligação Evoluir Oeiras na Assembleia Municipal de Oeiras
Siga as intervenções da Coligação Evoluir Oeiras no canal YouTube

Seguindo o link abaixo, será encaminhado para a página da Assembleia Municipal de Oeiras onde poderá consultar em detalhe a actividade da Coligação Evoluir Oeiras e dos seus deputados Mónica Albuquerque, David Ferreira e Tomás Cardoso Pereira, ou dos seus substitutos.

Actividade da Coligação Evoluir Oeiras no site da Assembleia Municipal de Oeiras
quem somos ícone

quem somos

Somos uma coligação de partidos que integra nas suas listas cidadãs e cidadãos independentes do movimento Evoluir Oeiras.

ícone o que defendemos

o que defendemos

Defendemos um novo modelo de desenvolvimento para o concelho assente na valorização do ambiente, na justiça social, na cidadania e na transparência.

ícone o que propomos fazer

o que propomos

Tornar Oeiras um exemplo de boas práticas de gestão dos dinheiros públicos, promoção da qualidade de vida e do ambiente, e de justiça social.

Somos uma candidatura que partiu de um imperativo ético e de um repto de cidadania. Estamos mobilizados por um novo modelo de desenvolvimento fundado na transparência, na valorização ambiental, na redução das desigualdades sociais, na defesa do património e no interesse público, em que prosperidade seja sinónimo de qualidade de vida e respeito pelo bem-comum.

A Coligação Evoluir Oeiras leva a sua missão muito a sério, e está a trabalhar no programa. Brevemente, poderá ler nestas páginas, mais em detalhe, aquilo que a Coligação Evoluir Oeiras propõe para o Município de Oeiras. Entretanto, pode ler as linhas programáticas gerais:

  • A revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) e a salvaguarda das áreas territoriais mais sensíveis da edificação.
  • A criação de corredores ecológicos.
  • A promoção de medidas de gestão consciente da água, de prevenção de cheias e de preservação do valor ecológico dos solos.
  • A aprovação de um Regulamento de Boas Práticas de Gestão do Arvoredo Urbano.
  • Um programa de hortas urbanas para todos, abrangente, e em todas as freguesias de Oeiras.
  • Medidas municipais de proteção da biodiversidade, dos ecossistemas naturais, especialmente das abelhas e outros polinizadores.
  • A redução do desperdício, a promoção da economia circular, o aumento da recolha de resíduos porta-a-porta  e de resíduos orgânicos para compostagem.
  • O regresso imediato de Oeiras ao protocolo climático “Pacto dos Autarcas” para cumprimento de metas europeias de redução de emissões até 2030 em 60%.
  • A redução das emissões de CO2 assente na melhoria dos transportes públicos, na mobilidade ativa e no setor da habitação e serviços.
  • Políticas municipais de promoção da eficiência energética e transição para as energias renováveis.
  • Adaptação do território às alterações climáticas, numa lógica preventiva e de proteção das pessoas e bens, nomeadamente através da aprovação e execução de uma Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas.
  • Criação do ”Fórum Climático” envolvendo atores relevantes locais, incluindo empresas.
  • A prioridade ao transporte público em canais dedicados.
  • O investimento na qualificação e na urbanidade em detrimento de novas rodovias para mais indução de tráfego.
  • Medidas de acalmia de tráfego, com aumento da segurança rodoviária e promoção da qualidade e conforto pedonal.
  • Uma nova estratégia de estacionamento incluindo uma maior fiscalização do estacionamento ilegal, nomeadamente a eliminação de estacionamento em cima dos passeios, a implementação de bairros sem tráfego de atravessamento nas áreas urbanas residenciais e escolares.
  • A construção e alargamento de passeios e de uma rede de percursos pedestres e cicláveis entre localidades.
  • Uma rede ciclável municipal estruturante e um sistema de bicicletas públicas partilhadas.
  • A promoção de habitação a custos controlados para jovens e para a classe média e programas municipais que apoiem a habitação e coabitação para a população idosa.
  • A promoção de habitação social, integrada num tecido urbano socialmente diversificado, dirigida às populações mais carenciadas.
  • A execução de um grande programa de reabilitação dos fogos municipais para garantir maior conforto térmico e eficiência energética.
  • O cumprimento da legislação de acessibilidade para todos no parque habitacional e nos seus acessos desde a via pública, para garantir edifícios inclusivos e acessíveis para toda a população, incluindo pessoas com mobilidade condicionada.
  • Programas de inclusão e capacitação dos jovens de meios desfavorecidos para a continuação dos estudos, travando o abandono precoce.
  • A construção de espaços de convívio seguros ao ar livre para crianças e jovens.
  • Percursos escolares seguros em torno de todas as escolas do concelho para capacitar o acesso seguro e autónomo às escolas, equipamentos públicos, parques e praias para todas as crianças, adolescentes e famílias do concelho.
  • Promover um Pacto de Responsabilidade Ambiental com as Empresas do concelho, com a criação de um Fundo ambiental municipal  para a concretização de medidas para a redução de emissões no concelho, desde logo para o apoio ao transporte público e mobilidade ativa.
  • Uma estratégia de atração de empresas socialmente responsáveis e de empregos verdes, nomeadamente empresas prestadoras de serviços para intervenção nas áreas da reabilitação urbana, das energias renováveis, da eficiência hídrica e energética, e conforto térmico dos edifícios, da mobilidade suave.
  • A promoção do Comércio Local através da qualificação dos espaços públicos em áreas de importância estratégica para o desenvolvimento do comércio de rua.
  • A criação da marca “produto local de Oeiras” a atribuir a produtos ou serviços desenvolvidos do concelho.
  • A qualificação dos Mercados Municipais em articulação com a marca local “Oeiras” e tendo por princípio a dinamização destes equipamentos como espaços centrais dos bairros.
  • Soluções de logística sustentável nos centros urbanos, eficiência energética e hídrica.
  • O desenvolvimento de condições para a produção agrícola local e para a geração de pequenas e médias empresas agrícolas no concelho.
  • O envolvimento e a auscultação atempada dos cidadãos em projetos com impacto nas suas vidas.
  • Informação sobre o município e dados de monitorização dos principais indicadores acessíveis na Internet.
  • Ativação de soluções dinâmicas entre o cidadão e a administração para a gestão de ocorrências e coparticipação.
  • Um Orçamento Participativo transparente, com regras claras e que execute as propostas vencedoras.
  • A participação efetiva dos cidadãos na cogestão da sua rua, em articulação com a junta de freguesia local e o município, através da figura do “Condomínio da Rua”, para os residentes participarem na gestão e nas decisões tomadas em relação ao arruamento onde vivem.
  • A promoção de uma cultura de participação, através de processos em que os cidadãos sejam envolvidos para a discussão e proposta de soluções.
  • A criação de condições dignas para participação, nas reuniões dos órgãos autárquicos, dos cidadãos e suas associações.
  • Dinamização do Conselho Local de Ação Social e apoio à dinamização das Comissões Sociais de Freguesia.
  • Adesão à rede “Cidade da criança”, fundada na habilitação das crianças com um papel ativo, participativo e concreto na governança e no delineamento de uma cidade onde há lugar seguro e saudável para assumirem a sua autonomia e brincadeira, readquirindo os seus direitos sobre o espaço urbano. 
  • A publicitação de todos os atos do governo local e dos seus representantes para fornecer à sociedade civil informação relevante de forma completa, atempada, e de fácil acesso, desde logo online.
  • A promoção de programas de sensibilização e capacitação sobre a agenda do executivo municipal, através de ações de promoção da administração aberta.
  • Sessões de formação e informação sobre o valor democrático e económico dos dados administrativos.
  • Opções políticas devidamente fundamentadas e investimentos feitos com critério e com rigor.
  • Contas claras, ao serviço do bem comum.
  • Uma administração municipal aberta, próxima das pessoas e das comunidades, com disponibilização dos processos públicos online.
  • O reforço da autonomia e do papel das freguesias como órgãos de proximidade.
  • A participação da população na tomada de decisões locais através da implementação de um PDM, Planos de Pormenor e Plano de Mobilidade Urbana Sustentável (PMUS) desenvolvidos com os cidadãos, num ciclo de políticas institucionais, de forma transparente, regular, e com a participação de todos os atores locais; câmara municipal, associações e cidadãos.
  • Promoção de parcerias com Universidades e Centros de Investigação e Desenvolvimento visando o estabelecimento de plataformas de interação entre polos científicos e comunidades escolares para que o município possa beneficiar diretamente de linhas de investigação nas diversas áreas que estão em curso.
  • Incorporação de um Conselho Científico e de uma Rede de Consultores Científicos que garantam que decisões políticas sejam assentes em e informadas por conhecimento científico, tirando partido dos especialistas que trabalham em Universidades e Centros de Investigação e Desenvolvimento locais.
  • O efetivo envolvimento dos agentes culturais locais na política cultural do município, nomeadamente na Candidatura a Capital Europeia da Cultura.
  • A aposta na defesa da cultura de Oeiras, das tradições e da projeção do capital humano – artistas, criadores, promotores culturais – em detrimento de ações de espetáculo, no despesismo injustificado sem valor acrescentado para o tecido local. 
  • A recuperação da designação “Município de Oeiras”, e promoção da sua identificação com a vanguarda da sustentabilidade e do humanismo, linhas orientadoras que atravessam todas as frentes de desenvolvimento associadas ao concelho.
  • Ativação do plano de salvaguarda patrimonial aprovado pela Assembleia Municipal em 2003.
  • A aposta na qualificação dos centros históricos.
  • Garantir a qualidade e variedade das refeições servidas e alimentos disponibilizados nas escolas, a exigência de critérios rigorosos na gestão dos contratos de concessão e a preferência por alimentos frescos e de produção local.
  • Criar equipas móveis de ação local de composição multidisciplinar para agir no combate ao insucesso, abandono e violência escolar que visam a atuação em domínios como o apoio psicopedagógico, animação de pátio e a articulação com serviços de apoio social e com a rede da CPCJ.
  • Orientar os projetos de requalificação das escolas e dos pavilhões escolares/ municipais mais degradados, para a sustentabilidade dando prioridade à eficiência energética, climatização passiva, e garantindo a instalação de painéis solares, no mínimo, em 50% dos projetos.
  • Incentivar e apoiar experiências educativas inovadoras, da iniciativa das escolas, através da criação de um evento municipal aberto a todas as escolas.
  • Alargar os programas de férias a todos os jovens e reforçar a sua qualidade pedagógica em articulação com as instituições de ensino superior, escolas, colectividades e associações locais.
  • O incentivo à atividade física no concelho, acessível a todas as idades e meios, através da eficácia de um Plano Municipal de Atividade Física.
  • O desenvolvimento de melhores condições para a prática de desporto.
  • Promoção da mobilidade ativa nos acessos às escolas, articulada com as escolas e associações locais e as juntas de freguesia.
  • A abertura dos portões de todos os parques e jardins municipais 24 horas por dia / 7 dias por semana.
  • A criação da figura do Provedor do Animal, para acompanhar a temática do bem-estar animal no concelho.
  • A realização de ações de sensibilização nas escolas e demais instituições sociais do concelho.
  • A implementação de campanhas de esterilização massivas de cães e gatos, desde logo dos animais de rua.
  • O incentivo à população para ser Família de Acolhimento Temporário (FAT) com o apoio logístico, burocrático e financeiro da autarquia, passando a mesma a deter esta competência.

We take our mission very seriously, and we are working on our program. Very soon, you can read on our webpage, in more detail what we suggest for the Municipality of Oeiras. Meanwhile, you can read about our program below:

Environment, climate action and sustainable mobility

  • Revision of the Municipal Master Plan and protection of more sensitive territorial areas of construction. 
  • Creation of ecological corridors. 
  • Promotion of conscious water management measures, prevention of floods and conservation of the ecological value of soils. 
  • Approval of a Regulation for Best Practices for management of urban woods. 
  • A program of urban gardening for everybody, in all parishes of Oeiras. 
  • Municipal measures for protection of biodiversity, natural ecosystems, especially of bees and other pollinators. 
  • Waste reduction, promotion of circular economy, increase of door-to-door waste collection and organic waste for composting. 
  • Immediate return of Oeiras to the climate protocol “Covenant of Mayors” for achieving European targets for emission reduction until 2030 by 60%. 
  • Emission reduction of CO2 based on the improvement of public transportation, active mobility and in the housing sector and services. 
  • Municipal policies for promotion of energy efficiency and transition to renewable energies. 
  • Territory adaptation to climate changes, in a preventive method and protection of people and goods, namely through the approval and execution of a Municipal Strategy for adaptation to climate changes. 
  • Creation of the “Climate Forum” involving local important agents, including companies. 
  • Prioritize public transportation in dedicated channels. 
  • Investment in the qualification and urbanity instead of new roads leading to more traffic.  
  • Traffic calming measures, having in view the increase of road safety and promotion of pedestrian quality and comfort. 

Housing and Social Cohesion  

  • Housing promotion at controlled costs for the youth and for medium class and municipal programs that support housing and cohabitation for the elderly population. 
  • Promotion of social housing, integrated in an urban fabric socially diversified, addressed to the poorest people. 
  • Execution of a big program for rehabilitation of dwellings to assure better heating comfort and energy efficiency. 
  • Compliance with the legislation to the accessibility of everybody to the housing stock and respective accesses from public road to ensure the accessibility to buildings, including disabled people. 
  • Inclusion programs and qualification of disadvantaged young people for continuation of studies, hindering early dropout.  
  • Construction of safe outdoor convivial spaces for children and youth. 
  • Safe school trajectories around all schools of Oeiras in order to ensure to all children, youth and families, safe and autonomous access to schools, public equipment, playgrounds and beaches. 
  • A new parking strategy including a higher control of illegal parking, namely the elimination of parking on pathways, the implementation of neighbourhoods without crossing traffic in residential urban and school areas. 
  • Construction and enlargement of pathways of a network of pedestrian and cycling paths between locations. 
  • A structured municipal cycling network and a shared public bicycle system.  

Local economy 

  • Promotion of an Environmental Responsibility Pact with Oeiras’ companies, along with the creation of a municipal environment Fund having in view the achievement of measures for the reduction of emissions in Oeiras, henceforth for the support of public transportation and active mobility. 
  • An attraction strategy of socially responsible companies and green jobs, namely service supplying companies for the intervention in urban rehabilitation, of renewable energies, of water and energy efficiency, heating comfort of the buildings, of smooth mobility. 
  • Promotion of local business through the enhancement of public areas of strategic relevance for the development of street trading. 
  • Creation of the brand “Oeiras’ local product” to be assigned to products or services developed by the municipality of Oeiras. 
  • Qualification of municipal markets in combination with the local brand “Oeiras” based on the promotion of these equipments as central areas in neighbourhoods. 
  • Sustainable logistics solutions in urban centers, water and energy efficiency. 
  • Development of conditions for local agricultural production and for the generation of small and medium-sized agricultural companies in Oeiras. 

Participation and active Citizenship 

  • Timely involvement and consultation of citizens in projects that impact their lives. 
  • Information about the municipality and monitoring data about the main indicators accessible on the Internet. 
  • Activation of dynamic solutions between the citizen and the administration for occurrence management and co-participation. 
  • Transparent participative budget, with clear rules that executes the winning proposals. 
  • Effective participation of citizens in the co-management of their street, in articulation with the local parish council and the municipality, through the figure of the “Condominium Street”, for residents to participate in the management and decisions made in relation to the street where they live. 
  • Promotion of a culture of participation, through processes in which citizens are involved to discuss and propose solutions. 
  • Creation of dignified conditions for the participation of citizens and their representatives in the meetings of the municipal bodies. 
  • Dynamization of the Local Council for Social Action and support to the dynamization of the Parish Social Commissions. 
  • Adherence to the “City of the Child” network, founded on empowering children with an active, participative and concrete role in the governance and the design of a city where there is a safe and healthy place for them to assume their autonomy and play, reacquiring their rights over the urban space. 

Municipal Transparency  

  • Publication of all acts of local government and its representatives to provide online, the civil society with relevant information in a complete, timely, and easily accessible manner. 
  • Promotion of awareness and training programs about the municipal executive’s agenda, through actions to promote open administration. 
  • Training and information sessions on the democratic and economic value of administrative data. 
  • Duly sustained political choices and investments made with criteria and rigor. 
  • Transparent accounts, at the service of the common good. 
  • An open municipal administration, close to people and communities, with online availability of public processes. 
  • Strengthening of the autonomy and the role of the parishes as proximity bodies. 
  • Participation of the population in local decision making through the implementation of a Municipal Master Plan (known as PDM), Detail Plans and Sustainable Urban Mobility Plan (known as PMUS) developed with the citizens, in a cycle of institutional policies, in a transparent, regular way, and with the participation of all local actors; town hall, associations and citizens. 

 Education, Science, Culture and Heritage 

  • Promoting partnerships with Universities and Research and Development Centres with a view to establishing interaction platforms between scientific hubs and school communities so that the municipality can directly benefit from lines of research in the various areas that are underway. 
  • Incorporation of a Scientific Council and a Network of Scientific Advisors to ensure that policy decisions are based on and informed by scientific knowledge, drawing on experts working in local Universities and Research and Development Centres. 
  • The effective involvement of local cultural actors in the municipality’s cultural policy, namely in the Candidacy for European Capital of Culture. 
  • The focus on defending Oeiras’ culture, traditions, and the projection of human capital – artists, creators, cultural promoters – to the detriment of show business, and unjustified expenditure with no added value for the local fabric. 
  •  Recovering the name “Municipality of Oeiras” and promoting its identification with the vanguard of sustainability and humanism, guidelines that cut across all development fronts associated with the municipality. 
  • Activation of the heritage conservation plan approved by the Municipal Assembly in 2003. 
  • Prioritization of recovery of historic centers. 
  • Ensure the quality and variety of the meals served and food made available in schools, the requirement of strict criteria in the management of concession contracts and the preference for fresh and locally produced food. 
  • Create mobile local action teams with a multidisciplinary composition to act in the fight against school failure, dropout and violence that aim to act in areas such as psycho-pedagogical support, playground animation and articulation with social support services and with the CPCJ network. 
  • Orienting the redevelopment projects of the most degraded schools and school/municipal pavilions towards sustainability by giving priority to energy efficiency, passive air conditioning, and ensuring the installation of solar panels in at least 50% of the projects. 
  • Encourage and support innovative educational experiences, from the initiative of schools, through the creation of a municipal event open to all schools. 
  • Extend vacation programs to all young people and reinforce their pedagogical quality in articulation with higher education institutions, schools, local communities and associations. 

Well-being, physical activity and sports  

  • Encouragement of physical activity in the municipality, accessible to all ages and backgrounds, through the effectiveness of a Municipal Physical Activity Plan. 
  • Development of better conditions for sports. 
  • Promotion of active mobility in the accesses to schools, articulated with schools and local associations and parish councils. 
  • The opening of the gates of all municipal parks and gardens 24 hours a day / 7 days a week. 

Animal welfare 

  • Creation of the figure of the Animal Ombudsman, to monitor the issue of animal welfare in the municipality. 
  • Realization of awareness actions in schools and other social institutions in Oeiras. 
  • Implementation of massive sterilization campaigns for dogs and cats, starting with street animals. 
  • The incentive to the population to become a Temporary Foster Family (known as FAT) with the logistic, bureaucratic and financial support of the municipality, which now holds this competence. 

We defend that Oeiras must assume the example of best practices in environment, social justice, citizenship and transparency.

Environment and climate action

Oeiras must contribute for the reduction of greenhouse gas emissions, invest on energy efficiency and renewable energy, and adapting its territory and buildings to climate changes, preventing risks and improving comfort and health.

The nature we depend on and to which we belong is a crucial element for the quality of life of human communities.

It’s important to value water, soil and biodiversity and preserve natural heritage concerning the rights of younger and future generations.

Social Justice

Oeiras should promote equality between all citizens of all origins and ages.

Educational and housing policies are fundamental for social cohesion.

It is urgent to qualify public space and it more making it more inclusive and democratic to improve Oeiras’ quality of life.

Citizenship and Transparency

People must be in the center of public policies and economy must be at people’s service.

The Town Hall’s decisions must be taken in a transparent way and the administrative information must be accessible.

The political options must be substantiated properly, and the management of public money must be done accurately and at the service of public welfare.

Estamos na viagem para Evoluir Oeiras. Quer vir connosco?

Consulte as nossas linhas programáticas. Pode responder a todas as perguntas, ou apenas à(s) que é(são) do seu interesse.

    Habitação

    Como promover o acesso à habitação em Oeiras?

    Economia

    Como gerar empregos verdes e sustentáveis?

    Território

    Como salvaguardar a Estrutura Ecológica de novas frentes de construção?

    Natureza e Biodiversidade

    Como proteger os recursos naturais de Oeiras?

    Ambiente

    Como reduzir a produção de resíduos?

    Metas Climáticas

    Como tornar Oeiras energeticamente mais eficiente e a cumprir as metas climáticas?

    Adaptação Climática

    O que fazer para nos adaptarmos às alterações climáticas?

    Espaço Público

    Como desenvolver bairros tranquilos e revitalizar o comércio de rua?

    Mobilidade

    Como criar alternativas eficientes ao automóvel?

    Cultura

    O que fazer para apoiar a produção artística local?

    Património

    Como recuperar a identidade de Oeiras?

    Transparência Municipal

    Como melhorar a fiscalização da atividade municipal pelos cidadãos?

    Governança

    Como melhorar a participação pública dos cidadãos?

    Vida Ativa

    Como melhorar a autonomia das nossas crianças?

    Envelhecimento

    Como reduzir o isolamento?

    Educação

    O que fazer para melhorar as nossas escolas?

    Coesão Social

    Como reduzir as assimetrias e fomentar a inclusão?

    Dê-nos uma ideia de quem é:

    Faça-nos Evoluir: Dê-nos uma sugestão para melhorarmos a nossa mensagem!

    Brevemente mais informação

    Mais informação brevemente

    Quer saber mais? Quer enviar-nos as suas sugestões? Contacte-nos por e-mail, através do formulário, ou das nossas redes sociais.